• Gelly Jam

    Criar um game parece uma realidade muito distante para aqueles que não sabem programar. O Gelly Jam foi criado para provar exatamente o contrário. Sem saber nada de programação, estudantes, professores e outros interessados em gamificar e educação criam os seus próprios jogos em apenas um final de semana.

     

    Na primeira edição, que aconteceu em julho de 2014, nasceram nove games sobre diversos temas. Usando a plataforma FazGame, os participantes desenvolveram jogos que tratam de questões como diversidade cultural e a história da comunicação, por exemplo.

     

    Para participar, basta acompanhar o calendário dos próximos eventos. Eles fazem parte de uma parceria do MEL com a rede internacional Games for Change. A cada edição, diferentes ferramentas são apresentadas. Além de ser uma ótima oportunidade de conhece-las, é também uma forma bacana de se conectar a gente que se interessa pelo tema.